Tereza Tocie Sezaki a Samurai Kyokushin Oyama

Share this

Em 8 de Janeiro de 2017,  aos 90 anos, Dona Tereza Tocie Sezaki a Samurai Kyokushin Oyama nos deixou.

Ela morava no Distrito de Jundiapeba.

Faixa preta da família Kyokushin Oyama, ela representou a academia mogiana em diversos campeonatos e foi convidada para conhecer os principais mestres desse esporte no Japão. Apresentou-se diversas vezes em programas de televisão, onde a mulher de aparência frágil, de estatura baixa e olhos vibrantes surpreendia ao estraçalhar materiais como madeira e tijolos. Até pouco tempo atrás, frequentava a Academia Kyokushin Oyama, de propriedade do então vereador Marcos Furlan, as atividades do Pró-Hiper e chamava a atenção das pessoas ao ir e vir de Taiaçupeba a Mogi das Cruzes de ônibus.

Tereza Sezaki  praticava o karate kyokushin desde 1986 .

Ela começou incentivada pelo próprio Mestre Oyama que veio ao Brasil no ano de 1985 no Campeonato Sul-Americano, no Ginásio Ibirapuera lotado Dona Sezaki escreveu-lhe uma carta ao Mestre que gostou muito de sua carta e a chamou na mesa principal do evento para conversar, por carta ambos começaram a se corresponder e Mestre Oyama perguntou se ela não queria treinar, foi quando Dona Sezaki se matriculou na academia.

Logo em seu primeiro exame, foi com Shihan Seiji Isobe, que lhe aprovou direto a faixa amarela, ao invés da azul que era submetida, apesar dos mais de 60 anos na época Dona Tereza fazia toda a parte técnica e inclusive a parte de força (bananeira com ponta dos dedos e flexões de braços)…

No começo da década de 1990 Dona Sezaki sofreu um acidente de carro o que a deixou impossibilitada de praticar a arte-marcial que tanto ama, naquela época o médico que a atendera disse que seria impossível o retorno aos treinamentos, mas contrariando o médico, em 1996 ela retorna aos treinamentos participando do 11º Campeonato Paulista em Mogi das Cruzes sob comando do Professor Marcos Furlan, suas demonstrações espantaram o público de mais de 3.000 pessoas presentes, premiando-a com o troféus kantosho (garra), das mãos do Shihan Seiji Isobe que Dona Tereza recebeu com grande honra.

Nesse mesmo ano (1996) Dona Sezaki presta o exame para a faixa marrom ao qual é aprovada, e em 2000 conquista a tão sonhada faixa preta após duas tentativas.

Após fazer uma demonstração na TV Diário de Mogi (filiada a TV Globo), foi convidada pela produção do Domingão do Faustão fazendo grande sucesso, à partir daí Dona Sezaki é sempre convidada nos programas televisivos, já participou dos Altas Horas, Mais Você (Globo), Programa Livre, Ratinho (SBT), Domingo Espetacular, Tudo é possível (Record), Super Positivo e a Noite é uma criança (Bandeirantes), Show do Malandro (Gazeta) entre outros, em campeonatos, além das dezenas de demonstrações que participa com os colegas das academia para divulgar o karate kyokushin em escolas, festas, etc.

Dona Sezaki foi um exemplo de dedicação e garra no Karate Kyokushin Oyama.

Fontes: http://www.odiariodemogi.net.br

http://globoesporte.globo.com/