EDNA PIOKER DE LIMA JUDO DE REGISTRO PARA O MUNDO

Nascida e criada em Registro, comecei a praticar Judô na adolescência. Eu assistia sempre aos treinos do meu irmão, o que me despertava um interesse inexplicável. Por 11 anos competi na modalidade, e neste período conquistei a faixa preta. Porém, com o falecimento do Sensei Ogawa, fundador da Associação Registrense de Judô, em 2004, foi necessário assumir a responsabilidade de iniciação, difusão e ensino de Judô para crianças. Isso viria a se transformar em uma das minhas grandes paixões.

O Judo contribui ricamente dentro do processo de formação do ser humano. Penso que está cada vez mais difícil, nos tempos de hoje, onde conceitos morais e valores tem se apresentado de maneira tão diversa, vivenciarmos este processo. Num cenário complexo em que, como pais e educadores, cada vez mais nos sentimos inseguros com relação a melhor maneira de educarmos nossos filhos e alunos, faz-se necessário utilizarmos de várias estratégias para alcançarmos o êxito dessa difícil tarefa. Nesse contexto, destaca-se o Judo.

Falar sobre o “Caminho Suave” é fácil, levando em consideração a relevância que ele tem em minha vida e a importância que exerce na formação de crianças e adolescentes. Para tanto, farei um breve resgate histórico.

Em 1882, Jigoro Kano, professor universitário, praticante de Jujitsu, observou que as técnicas dessa arte poderiam ter valor educativo, no sentido de promover ao executante a oportunidade de superar suas próprias limitações, resgatando valores, tais como humildade, perseverança, determinação e solidariedade. A ideia de Kano era desenvolver um treinamento onde as pessoas aprendessem a resolver seus conflitos. Assim, criou o “Caminho Suave”, ou JUDO, que em seu principio fundamental defende a ideia de que qualquer objetivo que tenhamos na vida, este será mais facilmente alcançado através do uso, com máxima eficiência, da mente e do corpo. Este princípio, aplicado em nossas atividades cotidianas, nos leva a ter uma vida melhor, e o seu resultado é o bem estar de todos.

Entender o Caminho da Suavidade é aprender e aceitar os aspectos que facilitam e dificultam a nossas vidas. É respeitar os semelhantes, buscar ser humilde, leal e honesto. Em resumo, o Judo, além de proporcionar para as crianças atividades físicas que ofereçam melhora de disciplina e os demais valores já citados, estimulam a concentração de uma maneira prazerosa e lúdica. No decorrer de minha trajetória, revelou-se algo que se tornaria mais uma grande paixão. A arbitragem entrou definitivamente em minha vida em 2002, quando incentivada pelo saudoso Mauro Sakai, fui convidada para arbitrar a fase final do Campeonato Paulista. Eu já atuava a alguns anos em nível regional,  gostava, mas não pensava em fazer carreira nesta área. Mauro foi o grande idealizador desta arbitragem. Durante esta competição, fui avaliada a aprovada para o nível Estadual, e passei a participar de todos os eventos oficiais da Federação Paulista de Judô. Em 2005 veio a integração no quadro da Confederação Brasileira de Judô e atuação constante em competições nacionais. Em 2016 conquistei a graduação Sul Americana, na cidade de Santiago, no Chile, e a participação nos Jogos Olímpicos do Rio, como Oficial Técnica Nacional, auxiliando na parte de suporte de vídeo para a arbitragem e também como uma das responsáveis pela pesagem oficial das atletas femininas de judô. Essa experiência foi mágica. Não consigo mensurar o sentimento ao vivenciar aqueles momentos, principalmente porque foi algo com o qual nunca sonhei, ou sequer objetivei. Foi uma oportunidade surpreendente, que apareceu em meio à minha jornada.

Hoje estou na Coordenação de Arbitragem da 14ª Delegacia Regional e meu maior objetivo é apoiar e revelar novos talentos. O Vale do Ribeira tem potencial e merece isso. Continuo ministrando aulas na Associação Registrense de Judô, local onde fui muito carinhosamente recebida na primeira vez que pisei num Dojo, e peço a Deus saúde e sabedoria para contribuir positivamente na formação de meus alunos.

 

-Edna Pioker de Lima

-Faixa Preta 4º Dan

-Árbitra Sul Americana de Judô – FIJ C

 

Pin It

2 thoughts on “EDNA PIOKER DE LIMA JUDO DE REGISTRO PARA O MUNDO

  1. Isaura Alves de Assunção 01/28/2018 at 8:40 pm -

    Parabéns Edna , pessoa linda por dentro e por fora,vc é merecedora de isso pois sei o qto tem dedicado esses anos todos ao Judô.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.